Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Sobre a música

 

notas musicaisEscrevi uma vez sobre a música. Não me lembro quando mais. Na verdade, queria homenagear um músico muito em especial, um amigo que me surgiu ao longo da caminhada.

 

Falar da música é falar de sentimentos, de emoções transfiguradas em sons. Melodia, ritmo, cadência, carinho, folia, sinfonia, inteligência, arte, parte da vida, da história humana, sagrada ou profana.

 

Falar da música é buscar no alto da árvore mais alta o fruto mais saboroso e difícil de apanhar. Falar da música PE chorar ou às vezes sorrir. Falar da música é sentir. É, sobretudo, ouvir.

 

Esse post é para homenagear o amigo Nascimento, maestro da maravilhosa Banda de Música Euterpe Santa Luzia. Tantas histórias, tanta importância, tantas coisas boas que não cabem nesse post. Mas cabem folgadas em mim.

 

Tive oportunidade de estudar a Música, com as excelentes aulas do Maestro Nascimento. Tive de parar, por circunstâncias e por respeito. Para ser bem estudada, a Música exige tempo e dedicação. São coisas intrínsecas, embora extrinsecamente eu tinha dedicação. Voltarei um dia a estudá-la.

 

Mas o que pude ver, valeu-me. Pude entender melhor a beleza da música e sua complexidade, para dar-lhes mais valor ainda. Sei o quanto a música pode me envolver. Não faço quase nada em minha vida sem que esteja presente a música. notes

 

O Maestro Nascimento possibilitou-me isso. Emocionou-me demais uma vez: fez uma canção para mim e presenteou-me em pleno Concerto de Gala da Banda de Música Euterpe Santa Luzia. Minha canção é linda. Captou perfeitamente o que sou e, um dia, quero ser capaz de eu mesmo tocá-la.

 

Fiz para o Maestro uns versos. Meus filhos e minha esposa admiram-no tanto quanto eu próprio. Quero um dia conhecer os filhos e netos do Maestro. Conheço sua esposa. Todos são felizes por tê-lo. Todos somos felizes por conhecê-lo.

 

Deus lhe permita muita saúde sempre. O mundo precisa de pessoas assim.

notas musicais

***********************

 

“O mundo precisa de pessoas assim”

 

Enquanto observo as notas

Que desfilam diante de meus ouvidos extasiados

Sinto a sequência suave de sons

É mais uma música divina que ouço

Que me faz perceber o que é estar bem

Vejo o grande mestre à frente da banda de música

Com gestos precisos e firmes conduzindo os sons

Que saem dos instrumentos com a precisão imprecisa

Da emoção que contagia a todos que veem e ouvem

Penso então que o mundo precisa de pessoas assim

Que possam conduzir-nos na maravilhosa música da vida

Com gentileza extrema, mas, paradoxalmente,

Com atitudes precisas e firmes

Que sejam o paradigma

Pelo qual devemos pautar nosso caráter...

O mundo precisa de pessoas assim para nos reger nesse momento

Nascimento de algo bom que permanece

Ressoando suavemente em nossos olhares audiófilos

Em busca da música perfeita que embale nossa alma...

 

 

***********************

 

“Nascimento”

 

Na percepção do som que ressoa

A coisa mais evidente é a emoção

Sentimentos que extrapolam a razão

Corajosamente indo aonde somente

Inventivos artistas conseguem ir…

Músicos que se equiparam aos maiores

Engenheiros das sonoridades divinas

Navegantes da barca do Parnaso

Trazendo a arte da Música que encanta

O mundo e lhe traz a lição de amor e paz…

5 comentários:

  1. Lírico!

    Confesso que conheço o Maestro Nascimento apenas de vista e ele deve ter alçançado o nirvana com versos magistrais como estes...!

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, caro Harley, ele ainda não os conhece. Aguardo que ele possa ler o post.

    ResponderExcluir
  3. EDN, diz ao Nascimento que eu sou o cara da foto. Sou canhoto e toco baixo. Eu fiz parte de uma bandinha de amigos de colégio que tocava nos bailes da vida, nos anos 60...

    ResponderExcluir
  4. Certamente ele vai contratá-lo. Mostre suas composições para ele, como "A longa e sinuosa estrada" e, se por acaso ele não se impressionar, "Deixe pra lá". Acima de tudo, seja autêntico. Afinal, como disse um grande invicioneiro: "A autenticidade, a subjetividade e a inspiração são os grilhões que furam nossas peles. Agora, apenas um teclado poderá nos libertar!"

    ResponderExcluir